QUANDO DEVO COLOCAR MEU FILHO em UMA ATIVIDADE de LAZER ou ESPORTIVA?

QUANDO DEVO COLOCAR MEU

FILHO em UMA ATIVIDADE de LAZER ou ESPORTIVA?



Sobre este aspecto algumas literaturas e especialistas oferecem muita informação. Vamos dar uma olhada em alguns desses conceitos que pesquisei:


Faixas Etárias:

Criança: 7 a 11 anos. Pré-adolescência: 11 a 13 anos. Fase da puberdade para adolescência: 14 a 15 anos.


Fase Pré Escolar (2 a 5 anos)


Nesta fase é a chamada fase de movimentos fundamentais. Nela, a criança aprende Capacidades Físicas importantes como: Coordenação, orientação espaço-temporal, equilíbrio, contato social, ritmo, diferenciação. As atividades escolhidas devem ser ligadas a maior descontração e liberdade possível. Fase de exploração do lúdico. Ela deve praticar esporte como brincadeira e não deve ser tratada como um atleta.


Fase Universal (6 a 12 anos)


Nesta fase ainda não existe um treinamento sério, mas é a fase do maior desenvolvimento de habilidades, possível, de uma criança. Aqui, ela vai aprender todos os componentes de rendimento esportivo e todas as capacidades físicas em geral. A criança aprende o que é viver em grupo e participar de atividades físicas utilizando:


Capacidades Físicas Motoras: força, resistência e velocidade.


Capacidades Físicas Coordenativas: Diferenciação espaço-temporal, acoplamento, reação, orientação (noção da distância), equilíbrio, variação e ritmo.


Capacidades Físicas Mistas: Velocidade e flexibilidade, dando suporte para que a criança aprenda técnicas esportivas e regras básicas de jogos.


Os pais devem procurar qualquer atividade que a criança se identifique. Mas ainda não é uma fase de preocupação com competições ou resultados. Certos pais querem que a criança nesta fase se comporte como um atleta, que é um erro.


Fase de Orientação (12 a 14 anos)


É a fase de maior interesse por esportes coletivos e competitividade. Nesta fase a criança desenvolve Capacidades Táticas de esportes (sensorial e cognitiva), Capacidades Técnicas (do desporto) e adora viver em grupos. Somente após os 14 anos que pode se esperar da criança uma especialização esportiva.


Fase de Direção (14 a 16 anos)


O Adolescente nesta fase tem as primeiras noções do que é esporte especializado. Tem contato com treinamento aeróbico e treinamento de força com sobrecarga.


Fase de Especialização (16 a 18 anos)


Nesta fase o adolescente está pronto para o treinamento esportivo propriamente dito. Trabalha força, velocidade e resistência de maneira específica para o esporte. Predominando o volume de treinamento e utilizando os princípios do treinamento esportivo (pedagógicos, metodológicos, biológicos, organização e gerenciamento).


(Fonte: Conteúdo Educacional Internet)


OBSERVAÇÕES IMPORTANTES:


A nossa Constituição Federal assegura o direito à prática esportiva e até mesmo competir em qualquer idade. Os locais destas práticas esportivas é que precisam assegurar aos participantes nos ambientes esportivos, sejam estes públicos ou privados, todos os cuidados necessários para a boa prática esportiva promovendo a saúde e o bom convívio social. Estas atividades jamais devem ser desenvolvidas como “forma de trabalho” para o jovem com idade igual ou inferior aos 14 anos.


É IMPRESCINDÍVEL que os profissionais Educadores Físicos e Monitores Esportivos tenham formação acadêmica adequada para planejar e desenvolver as atividades aplicadas nas aulas. Isto garante aos pais a certeza de que seus filhos estão praticando atividades de lazer e esportivas recebendo orientação de profissionais capacitados para essa finalidade.


Você Pai e você Mãe devem analisar estes aspectos, porém, ninguém conhece melhor seus filhos do que vocês! Se seu filho vai estar preparado ou apto para iniciar uma atividade (modalidade) esportiva dependerá muito de suas observações.


Quando a casa ficar pequena, o corredor lateral da casa encurtar, as poltronas virarem trampolim e você precisar se esgoelar aos gritos mandando ele (a) parar de saltar, pular, correr, gritar e etc. Eu diria que está mais do que na hora de você permitir que seu filho se “expresse” fisicamente através de uma atividade esportiva que deve ser controlada e de acordo com a faixa etária dele! Você vai se surpreender com os resultados práticos na vida do seu filho (a). O uso da energia que toda criança possui, na hora certa, da maneira certa e no lugar certo, vai melhorar 100% a sua relação com seu filho (a).


POR ONDE MEU FILHO

DEVE COMEÇAR?


Depois de VOCÊ entender e acreditar que a prática de uma atividade esportiva trará benefícios para o seu filho (a), sugiro que pergunte a ele qual modalidade esportiva ele gostaria de praticar. Ofereça suas melhores opções. Depois disso, consulte as melhores estruturas e escolas de formação que caibam no seu bolso. Sim, isto não é uma despesa, mas um importante INVESTIMENTO que você dedicará ao seu filho (a).


As aulas costumam ter de 40 a 60 minutos de duração e acontecem de duas a três vezes por semana. Muitas escolas oferecem no intuito de estimular a prática esportiva, jogos, amistosos e torneios aos finais de semana. Este é um grande diferencial para o seu filho (a)! Ele vai querer mostrar a você o que aprendeu nas aulas através dos jogos, torneios e competições que a escola ou clube promoverem. Invista no seu filho e não deixe de comparecer para prestigiá-lo!







1 visualização